Comprando passagens aéreas pra menor desacompanhado pela Gol

Eu juro que tentei! Mas a mala já dava uns 150 balões.

Acredite ou não, uma criança média e bagagem precisam bem mais que 9 balões.

Por que carambas um tópico tão específico?

Por que não “Comprando passagens para Menores Desacompanhados”, “Enviando seu filho via aérea” ou mesmo “Comprar passagens para crianças?”

Que bom que perguntou.

Nem Azul, Avianca ou TAM dão a opção de comprar passagens SÓ pra crianças. Necessariamente para comprar uma passagem para crianças de 0 a 11 anos você precisa de um adulto junto.

Só que a GOL permite enviar crianças a partir de 2 até 11 anos como menor desacompanhado.

“Mas ô idiota, quem vai mandar uma criança de 2 anos sozinha num vôo” calma que eu explico.

Crianças de até 1 ano e 11 meses não paga passagem “normalmente” quando voa na maioria das cias aéreas.

Crianças de 2 a 11 pagam algo como meia passagem.

Crianças a partir de 5 até 11 anos podem viajar desacompanhadas, pagando passagens relativamente mais baratas (mas com taxa de criança desacompanhada e é claro, altos documentos)

A partir dos 12 anos a criança pode viajar desacompanhada (e sozinha). Pra pais cuja(s) criança(s) mora(m) distante(s) como eu, é uma mão na roda.
Pensa, seu filho mora em Quiprocó do Sul e vc em Pontequepartilândia, como fazer?

Pois por incresça que parível, as companhias aéreas pensam em vc! E no seu dinheiro. Bem “AS” é relativo no BR, como não podia deixar de ser, só tem uma (Gol). Então vc tem a opção de “viajar acompanhando seu filho pagando 6 passagens (Sua ida, sua e dele vindas, sua e dele retornos, sua volta) OU pagar 2 passagens dele (vinda e volta). Ou não vê-lo. Bem vindo ao dilema que muitos pais não separados nunca passaram (e espero que nunca passarão). Mas tem gente como a gente que passa. E não venha com “ah, mas passagem aérea é baratinha, vai regular visitar seu filho” e eu te digo: já cheguei a pegar aquelas promoções boas e saindo BARATO pagava coisa de 1600 reais com planejamento. Some aí 2 férias por ano e temos 3000 reais que é basicamente uma boa viagem barata pra 2 pessoas (como ir de ônibus pra SP, pegar a criança por lá e ir no Wet’n Wild E Hopi Hari).

Quer baratear bem? Faça tudo de ônibus e barateie legal, além de já introduzir sua criança ao mundo das viagens de 15 horas. Não que seja impossível, mas se você fez uma viagem de acima de 10 horas com uma criança de 5 anos, sabe o quanto cansa. Como existem promoções, você pode unir o curto tempo de viagem com o preço baixo.

Mas tem as pegadinhas.

A algum tempo compro passagens então já TIVE que ligar para confirmar que o serviço de Menor desacompanhado já é incluso quando compramos passagens de crianças SEM adultos. Se você comprar passagens separadamente de adulto/criança TEM que solicitar reembolso (eu tentarei dessa vez). Mas fica bem claro no valor, que vai aumentando a cada clique que você dá no site, como se pedisse o assento da criança com cobertura de chocolate granulado, o ar com perfume de menta, comida da companhia aérea concorrente…

Então você todo pimpão vai comprar a passagem pra mandar seu filho visitar o vovô. Legal!

Coloca lá na gol “0 adultos 1 criança entre 2 e 11 anos” massa.

A passagem é “mais barata” OPA!

Escolhe o nome do passageiro e os dados dele, avança e… apareceram mais 200 reais, tornando a passagem que era mais barata pra “um pouquinho mais caro”. hummm ok I guess? É o preço do menor desacompanhamento. Tudo bem, faz parte.

Daí vc vê o campo “meu passageiro necessita de atenção especial” ou coisa assim (que, bem, é verdade). Vc abre o menu que aparece e vê na segunda coluna “Serviço de menor desacompanhado” e É ÒBVIO QUE VC VAI SELECIONAR, certo? Então clica próximo e… adicionaram mais 200 reais.  Peraí, do que? Do serviço de menor desacompanhado. Que você já é obrigado a pagar SE comprar a passagem só do menor. Então vc pode pagar EM DOBRO por algo que sequer pode retirar da compra.

OU (pelo que entendi) essa segunda opção de “Serviço de menor desacompanhado” não é “Um serviço em que pegamos seu menor desacompanhado e garantimos a segurança dele (relativamente, já tive história de terror sobre isso) e entregamos ao destinatário”. Essa você já adicionou e vai pagar.

Essa segunda opção de “Serviço de menor desacompanhado” que você seleciona (até por “pernada”, não precisa comprar na ida e na volta, pode escolher só uma dessas) é um pagamento que você faz para sua criança ter o direito de trabalhar como menor desacompanhado na gol. Por que OU é isso ou você paga 2 vezes pelo mesmo serviço.

Então fica a dica: Vai mandar menor desacompanhado pela Gol? Se comprar PASSAGEM SOMENTE PARA A CRIANÇA, o serviço de Menor Desacompanhado já está incluso. Se comprar pra um adulto viajar em ida OU volta (não as duas) precisa adicionar no trajeto que ele vai desacompanhado, o serviço.

Como boa malandragem a gol permite um menor desacompanhado pagar duas vezes pelo mesmo serviço.

Agora pra comprar passagem pra menor, só via telefone (adicionado em 12/11/16)

 

A outra boa dica é que…

… o menor desacompanhado vai sob responsabilidade da tripulação, que (normalmente) faz o menor viajar na dianteira, perto de uma comissária. Só que agora as poltronas dígito simples (01 a 09) que são próximos na porta de embarque dianteira são mais “espaçosas” e obviamente mais caras.

Se você já quiser marcar a poltrona do pequeno, possivelmente “free” só terá como opção as do fundo (longe da tripulação, entendendo que o sistema entende a marcação como “PASSAGEIRO” e não como “MENOR”). Como poltronas mais caras vendem menos e normalmente as da frente são para passageiros especiais (como grávidas, idosos e… menores desacompanhados) existe a possibilidade de não marcar a poltrona da criança para que ela pegue os assentos da frente.
Veja eu não me importo com meu filho não viajando numa poltrona ESPECIAL, o que me importo é ele viajando o mais próximo possível do responsável por ele.

Caso a poltrona espaçosa (e mais cara) fosse o último banco, eu não falaria pra dar esse “migué”, pois o interesse é pegar poltrona PERTO DA AEROMOÇA LÁ NA FRENTE.

Mas lhe digo CASO sua criança for muito pequena (De idade) ou muito grande (de tamanho) coloque ele na poltrona que quiser.

Eu estou “arriscando” com meu filho por que ele tem 10 anos e agora SEMPRE viaja com um celular pra caso de desencontro da gol com ele (como já aconteceu) termos como localizá-lo de imediato.

Então ficam essas dicas.

 

Anúncios