Sono polifásico: Primeiros dias

Como disse anteriormente, resolvi mudar meu estilo de sono.

Resolvi fazer o Everyman. Dormir das 2 da madruga as 5  (3 Horas – Dormir) , 20min as 10 (A), as 15 (B) e as 22hs(C) .

Sono

Que dia melhor pra começar, além de sábado? Pois é. No dia 31/01/14 foi o último até hj que dormi “uma noite inteira” (Se bem que creio ter ficado até tarde jogando Fallout: New Vegas).

Sábado 01/02/14  – Dia 01

Li que o ideal era ficar 24 horas sem dormir para poder “acostumar melhor” mas fiquei na dúvida. No final, dormi 20min (B) às 15hs, as 22hs (C) e as 02h da madruga.

Domingo 02/02 – Dia 02

Acordei as 5. ACABADAÇO. Pra manter o ritmo coloquei um filme pra ver, e emendei jogando Fallout (meu jogo obsessão), dormi 20min as 10hs (A), saí pra almoçar com a família e namorada, dormi (B), voltei a jogar, arrumei o computador da namorada, dormi as 22 e arrumei a cômoda até as 2. Estava EXTREMAMENTE avoado, o serviço que faria em 1 hora, levou quase duas. Mas completado com sucesso.

Segunda 03/02 – Dia 03

A hora da verdade! Acordei acabado e resolvi assistir “Os Croods”, pra acordar, o que foi sossegado. Consegui também fazer a barba e tomar café da manhã. Nunca sinto fome cedo, mas no polifásico, é mto loco. Ficar mais tempo acordado, equivale a aumentar o ritmo do corpo, e como eu estava “comendo menos” passo o dia com fome, o que não deixa de ser um exercício mental. Claro que como bem mais do que comia, mas ainda deve ser “pouco”. Não arrisco comer pouco mesmo, pra não zuar os 2 experimentos  (Dieta e sono).

Durante o dia foi complicado encaixar os horários de dormir com o serviço, mas já consegui os esquemas (sonequei A e B) E arrumei o note da namorada. A noite após o C, resolvi arrumar o outro quarto.   O plano é sempre ter algo pra fazer da meia noite as 2, por que é o pior horário. Mas estranhamente o mais calmo 🙂

Terça 04/02 – Dia 04

Acordei e assisti Meet Bill, tomei café e abri o trampo (numa sequência boa até agora de não chegar atrasado, não sei por que). Repassei a info pra minha irmã do que andava fazendo, e só nesse dia percebi que tinha dormido 4 horas por dia. Tive contratempo pra dormir certinho, mas não mais que 5 minutos de atraso. Ao deitar pra soneca, fico preocupado que não vou dormir, até “piscar” e acordar 1 minuto antes do alarme tocar. E acordo descansado. Fui na sobaria da namorada, cheguei em casa e resolvi arrumar o wifi de casa. Um Access Point foi perfeito, o repetidor não.  Dormi as 2.

Engraçado por que nesse dia eu sentia que meu cérebro estava envelopado de um creme fino e doce, um pouco frio. Mas o cérebro quente… seria como andar por aí com aquela sensação de banho quente em dia frio, na cabeça. Rola uma dorzinha/pressão que não incomoda mas que te faz sentir claramente que ela existe. Também tive um caso de “deja vi” a lá Matrix, que espero que não seja sei lá, ver o futuro, por que foi assustador ver a exacta mesma coisa ocorrer duas vezes a uns 10 segundos de diferença. Com as mesmas pessoas hahaha. Ou então era sono mesmo, mas não demência. Ainda. Espero.

Quarta 05/02 – Dia 05

Acordei as 5 e dormi de novo até as 7. Como acordava “no ritmo” tirei a opção soneca (que faria o alarme tocar de novo em 0 min). Pura soberba. Pra evitar repetição, coloquei o alarme mais assustador para tocar as 5:15.  Erro cometido, lição aprendida.
Acordei com o corpo mais pesado e praticamente sem sono na soneca A. O dia correu normal até a noite onde, apesar de ter sono após as 22hs, pela meia noite eu tava mega desperto (terminei de arrumar um outro computador, instalando windows e trocando peças. Reassisti Cidade de Deus  e Tropa de Elite. A he Terminei de ver o Sharknado, um dos piores filmes que eu já vi.

Resumão

Até agora a experiência tem sido bem aprazível (ainda mais que não comecei logo em um dia de trabalho). Ocorreram algumas dores físicas, mas pode ser postura ao arrumar um computador.

Existe muito mais tempo no dia, reforçados por que você “procura algo pra fazer” (pra não dormir) e passa ater mais fome.

Confesso que na terça eu tinha a sensação de que era quinta, por que se levar em consideração que demorei mais que 8 meses pra arrumar uma coisa e em 3 ou 4 dias já tinha feito muita coisa. È, agora parece “sempre ter tempo”. Já escolho o que vou fazer, o filme que verei de manhã…

Mal posso esperar pra realmente acostumar com esse ritmo E mudar o horário de verão, por que pretendo fazer exercícios. Outra coisa que depois de aclimatado a esse ritmo, fica-se bem menos ranzinza.