All You Zombies – Robert A. Heinlein – Conto Curto Review

Um review um pouco atrasado (por que na verdade eu li esse anteontem).

Como devem ter percebido, estou numa sequência de Robert A. Heilein. Pelo jeito vou criar uma maneira de conseguir um livro dele, sei la ou todos os contos…

E eu te pergunto COMO eu conseguirei fazer uma resenha de um conto de NOVE páginas. E como um conto de NOVE páginas pode ser lembrado até hoje? (foi publicado em 1958). Não é um conto de terror, apesar de ter coisas chocantes. Não é um romance, apesar de ter alguém procurando alguém. Não é vingança, apesar de ter ódio.

Encontramos um cara no bar. Secreto autor de livros femininos. O barman, que acredita em tudo, ouvindo a história fantástica (com coisas mais fantásticas pra falar). E viagem no tempo. Apesar de curto, você pode precisar ler duas vezes pra entender, ainda mais com datas mudando sempre.

Como eu disse ontem, é um conto mais chocante, mais cru do que By His Bootstraps. Muito mais violento, menos preparação pro que acontece. Outra coisa é que o autor joga muito do contexto pra que você acredite em poucas palavras.  Por um lado é bom por que não chama o leitor de idiota, deixa ele viajar em suas conclusões. Por outro, um leitor mais moderno que precisa de um hiperlink para saber mais, ou a história mastigada perfeitamente para que possa compreender, vai ficar perdidaço. Fuck, eu fiquei perdido várias vezes. Em nove páginas.

O problema para quem já leu Heilein é como os filmes do Shyamalan (não acredito que fiz essa comparação), por que parece um cavalo de um truque só. Por outro lado, já é o terceiro conto de viagem do tempo dele que eu li e não estou enjoado. Claro que agora já sei que o fim pode ser surpreendente.

E você? Já sabe?

Anúncios