3 desenhos antigos – Especial desenhos perdidos

Você falaram que era impossível, disseram que eu imaginava coisas e que eu não sou uma pessoa “normal” (devo concordar com a última).

Mas consegui achar desenhos que estavam encravados na sua memória e você não conseguia lembrar direito…

Incidentalmente se quer saber mais de desenhos antigos, clique aqui.

Spiral Zone – Zone Riders

Teve até gibi nos EUA, pela DC.

É o desenho em que uns soldados com um veículo de uma roda só enfrentava um povo com uma doença. Lembra? Não?

Até brinquedos!

Tá bom, veja a abertura..

Spiral Zone foi lançado em 1987 pela AtlanticKushner-Locke, baseado em uma linha de brinquedos da Bandai. Teve uma temporada de 65 episodios.

A história é a seguinte… em junho de 2007 (porra já aconteceu e eu não vi?) um doutor do mal usa um ônibus espacial pra intoxicar parte da população do mundo, deixando eles sob seu controle. Ele criou também “Geradores de Zona” que emitem névoas (que deixam as pessoas com pequenas partes do rosto alaranjadas e sob seu controle).

Cuidado - O uso excessivo das névoas podem causar leves efeitos

Com os geradores e a névoa solta pela nave espacial, foi criada toda uma área em forma de espiral onde ele reinava soberano. Se auto intitulou Overlord e designou umas pessoas como seus generais. A área afetada foi chamada de “Zona Espiral”. Os geradores absorviam a energia humana, por isso Overlord não matava ninguém.

Os resto do mundo criou uma força especial de cinco pessoas pra invadir e destruir os geradores na Spiral Zone. Enquanto fáceis de destruir, os geradores eram praticamente impossíveis de se capturar (tinha armadilhas).

Os chefes foram imunizados quanto a toxina e eram chamados de “Viúvas Negras” (mas tinham olhos amarelos e deformações maiores, como a mulher acima) são eles:

  • Overlord – Comandande e cientista rebelde
  • Bandit – Mestre dos disfarçes, um terrorista do oriente médio;
  • Duchess Dire – espedcialista em missões e criminosa
  • Razorback – especialista em facas
  • Reaper – caçador

Os mocinhos usavam roupas especiais que neutralizavam os efeitos da toxina no ar, eram eles os Zone Riders:

  • Dirk Courage – Líder, americano.
  • Tank Schmidt – Especialista em armas pesasda, alemão
  • Hiro Taka – Especialista em infiltração, japonês
  • Max Jones – Expert em missões especiais, americano
  • Katerina Anastacia – Oficial médica,russa.

Como pode ver pela aberturta, os carros eram animais (Mas claro,!!! Era um esquema da Bandai!!!).

Lembro que sempre que pegava pra ver esse desenho não entendia lhufas. Mas era legal e tinha uma boa abertura (considerada Top 50 em alguns sites) e carros legais… então fica aí um daqueles desenhos que você QUASE lembra, mas não sabia qual era…

Coisa que eu descubro agora e pago de expert:

O cara que criou as armaduras e veículos (O do Líder dos Riders chamava-se Rimjob e era uma Monocicleta com bazuca em cima) foi o mesmo designer dos Gundam.

Rimjob é um tipo de…contacto sexual, também, conhecido como anilingus. Não procure no google.

Primeiro Episódio (em inglês) – Primeira parte

Segunda Parte

M.A.S.K

Também teve quadrinhos publicados pela DC comics

M.A.S.K. (do inglês Mobile Armored Strike Kommand) foi feito por diversos estúdios japoneses, como KK C&D Asia, Studio Juno, Studio World, Ashi Production e produzido pelo DIC Enterprises, Inc. Foi baseado numa linha de brinquedos da Kenner. Lançado em 85 teve 75 episódios e aproximadamente 3 temporadas (em sincronicidade com as linhas de brinquedos). Era basicamente uma mistura de GI Joe e Transformers.

Os mocinho e vilões tinham veículos que se transformavam em outros (Helicóptero em jato, carros que voam, submarinos) e os personagens usavam máscaras que davam poderes especiais (controle de água, levitar coisas) a cada um.

Pessoalmente dizendo eu achava melhor que Transformers E GI Joe, por que… bem eu era moleque e o desenho unia as coisas legais de ambos. Engraçado eu não lembrar muito.

Pra lista completa de personagens e veículos, clique aqui… (em inglês)

Fica o primeiro episódio, em inglês:

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Os defensores da Terra – Defenders of The Earth

O jogo, pra... AMIGA??? VOTCHE!

 

Defenders of the Earth foi ao ar em 1986, e teve 65 episódios. Foram publicadas algumas histórias em quadrinhos pela Star Comics (uma subsidiária da Marvel Comics).

No desenho, Flash Gordon, o Fantasma, Mandrake e seu fiel ajudante Lothar enfrentavam o impiedoso imperador Ming (tradicional inimigo do Flash Gordon) no ano de 2015 (Tá próximo!!!) como os Defensores da Terra. Seus filhos davam aquela força e como é comum, atrapalhavam. Rick Gordon (Filho de Flash), Jedda Walker (filha do Fantasma), Kshin (filho adotivo de Mandrake) e L.J (Lothar Junior, filho do assistente de Mandrake).

Ming detonou os recursos naturais de Mongo, seu planeta e lugar onde vivia a família Gordon, e resolve invadir a terra.  Flash e filho conseguem escapar mas Mongo captura a esposa de Flash, tenta fazer lavagem cerebral e ela resite até a morte. Sua “essência” é transportada pra um computador.

Flash Gordon é um piloto terreste ás do espaço, o Fantasma (27º da linhagem) Kit Walker ganha poderes quando falava “Força de Dez tigres!”, (ás vezes mudando o animal) , Mandrake é um mágico mestre do ilusionismo e Lothar é super forte, gênio da mecânica e taticista (o boneco é descrito como Ninja do Caribe).

Rick Gordon é um gênio da informática e impulsivo, LJ é um expert em lutas, Jedda Walker tem poderes mentais como telepatia e tem uma pantera de estimação, Kshin é um mago em aprendizado e tem um bicho estranho do planeta Mongo de estimação. Todos os jovens estudavam em um colégio.

E Dinak x é o computador intelingente do grupo, com a personalidade de Darla Gordon, esposa de Flash.

Já Ming tinha uma base no Àrtico e dois filhos: Kro-Tan e a princesa Castra. O computador do mal dele, Octon, era basicamente o inverso de Dinak x, Garax era o líder de seus robôs e Mongor a serpente gigante de estimação de Ming.

Kurt Walker (irmão mais velho e mal do Fantasma) era um dos seus aliados, assim como os Piratas Espaciais e a rainha Hadea (essa última com planos próprios).

Coisas que nem eu lembrava:

Os defensores eram todos das tirinhas distribuídas pelo sindicato King Features.

Lee Falk criou tanto Mandrake quanto o Fantasma.

Devido a um problema nas cores, o Fantasma no Brasil foi publicado por um tempo com roupas VERMELHAS, em vez do tradicional Roxo. Sò aconteceu aqui.

O Fantasma com poderes só apareceu no desenho. Tradicionalmente ele não tem poder nenhum, é só “O espírito que anda”. Juro que vi ele falar “Força de 10 búfalos” uma vez.

Tradicionalmente todo primogênito da família Walker é chamado de Kit e será o próximo “espírito que anda”, mas no desenho esse Kit tem um irmão mais velho (?).

A música de abertura eu lembro desde moleque até hoje. E depois de uns 20 anos eu ouvi e era exactamente como eu lembrava… coisas da memória. Não lembro o que comi ontem e lembrava dessa música.

Aqui a original, com o cara cantando loucamente:

E aqui o primeiro episódio:

RÀÀÀ PEGADINHA DO MALANDRO! Todos os desenhos de hj também tiveram HQs publicadas, por DC e Marvel! Então entra na seção quadrinhos tb!

Anúncios