Coisas da Infância – Medo e Japoneses

Estava perdido pelas onda na net quando achei … bem é uma coisa bem nerd, mas lá vai:

Em um episódio de Jaspion, ele precisa enfrentar um monstro transformado em incontrolável por SatanGoss (Satan Ghost?), sendo que o monstro era bonzinho antes. Infelizmente fora de controle, o monstro é morto por Jaspion, em um daqueles episódios tristes que passavam na extinta TV Manchete pelas 18horas e acabavam com seu dia por 24 horas (no outro dia tinha outro episódio).

Ele devia gastar uma nota em polimento...

Um pouco de contexto: Jaspion foi o primeiro da segunda onda de seriados japoneses live action (com atores reais) no Brasil. A primeira onda teve Ultraman (em cidades com mais canais) e Spectreman – um dos meus favoritos – No SBT.

Jaspion era uma espécie de policial do espaço que vinha à terra defender-la do monstro Satan Ghost…

... que era basicamente o Darth Vader de saia.

Para isso ele fez um gincana: Reuniu 5 crianças que tinham pedaços do pássaro dourado (não pergunte) mais a risada da criança escolhida e o Tarzan do Espaço (eu falei pra não perguntar).

Acredite ou não era SENSACIONAL. Crianças assistiam o episódio do dia e no outro ficavam comentando no recreio, lutando para ver quem seria o Jaspion da vez e quem chingaríamos de Mya (Um monstro viadinho órfão que Jaspion acolheu). Um dos vilões era filho direto do Satan Ghost, mas de tamanho de gente, chamado simplesmente de Magaren. Com uma armadura bem mais legal que a do Jaspion, ele tinha o nome original Mad Galant no japonês, o que em inglês quer dizer… Louco Galante. O motivo de toda essa volta era achar o nome original dele, que é o nick do Magaren, dono de um blog chamado Clarim Diário, um cara muito gente boa que conheci na comunidade do aranha.

Info extra: eu tinha um zine chamado Clarim Diário na faculdade de jornalismo, que durou 4 anos e foi meu projeto de conclusão de curso.

Procurando esse nome original eu encontrei um site que falava a frase/título de um episódio:  “Não morra NAMAGUEDERAZ” Esse namaguederaz é o nome que me forcei a decorar em honra ao monstro que morria nas mão de Jaspion. Descobri que o monstro Namaguederaz não morreu e era de um episódio de ANTES do Jaspion chegar na terra…

... quando ele tinha um Japafro. Completava o look roupa com estampa de onça preta e branca e correntinhas. Sério.

Fulo, fui atrás do nome original do monstro e encontrei episódios e episódios de seriados japoneses da segunda onda de live actions japoneses. Essa onda teve também Changeman, Flashman, Maskman, Lion Man (esse tão antigo quanto Spectreman), Spielvan, MachineMan, Metalder, Jiraiya(te dou um queijo) Jiban, Black Kamen Rider (e sua sequência, Kamen Rider Black RX),  Cybercops e no crepúsculo dessa onda, Patrine, Winspector e seu sucessor Solbrain. Em seguida veio o Anime (desenho animado japonês) “Cavaleiros de Zodíaco” e se deu a segunda invasão dos desenhos japoneses. Incidentemente o monstro que Jaspion mata é o Sião (ou Sion no original) com um golpe que não matou Namaguederaz, que apareceu em outro episódio, na terra. Sião morreu na lata.

Aqui começa o tópico de verdade. Teve um episódio de Changeman em que a fera espacial Drácula invade e já viu né?

Pra mim era basicamente como se o diabo aparecesse no meio dos teletubbies

Assisti o episódio escondido atrás de um almofada e conforme os Changemans ganharam o dia e começava um jornal percebi que estava sozinho em casa, anoiteceu e eu não liguei UMA luz e os pernilongos chupavam meu sangue como Drácula!

Estou dramatizando um pouco, mas é uma das coisas que me lembro que me assustaram de verdade na minha infância. Essa foi uma vez fraca, mas lembro claramente de mais três episódios:

Ver E.T. O Extraterreste no cinema

O monstro Semáforo de Spectreman

Os comerciais do filme “PELA PRIMEIRA VEZ NA TELEVISÃO” Um lobisomem americano em Londres.

No próximo post, os detalhes.

Anúncios