Revistas de 22/12/2010 – Primeira Leva

DC Comics

X-Files – 30 Days Of Night 06

Mashup Arquivo-X e 30 dias de noite. Descartável. Não lerei posteriormente, é o salto do tubarão de duas franquias que já deram o que podiam. Nota 3.

Power Girl 019

O problema: Power girl anda um saco. Agora fizeram ligação com Generation Lost, que cospe na minha segunda revista preferida de todos os tempos. Farei um favor para que você não leia: Poderosa descobre que Maxwell Lord está vivo (ele é um puta vilão da DC). Mas usou seus poderes para apagar a si mesmo da percepção de todo mundo E continua fazendo (apesar de seus poderes nunca serem dessa magnitude e ter telepatas muito melhores e mais fortes no mundo e fora dele). Poderosa vai a SJA (tipo uma liga da justiça) para fazê-los agir, mas a mente de todos é limpa. Forçada a barra isso. Ok. Ela vai atrás de Divine – um clone mau da poderosa  que trabalha para Lord (apesar de esquecer da existência dele) e rastreia a clone até o vietnam, onde termina a revista com Poderosa tendo que enfrentar o jovem dr. Ivo (um vilão muito mais foda… mas que não devia ser novo). Desenhos puxados pro mangá numa boa direção, mas história TOSCA. Deve dar numa saga num futuro, mas por enquanto nota 3.

Zatanna 008

Linda capa. Sério, Deus proteja o capista. Dentro o cara manda bem, mas pensa comigo: Zatanna? ZATANNA? Dispensável. E é uma história que rebusca o passado dela e seu aparente (surgiu nessa edição, claro) medo de fantoches. E eu odeio retcon. A única parte importante é que descobrimos que o pai dela fez lavagem cerebral nela quando pequena… que mais tarde ela tb fez na liga. E no final ela termina amarrada e à beira de ser atacada por um fantoche. Sim, uma revista de mulher amarrada com pouca roupa e não é Mulher Maravilha. Nota 4 pelo desenhista. Zero pra história.

Legion of Super-Heroes 08

Quanto mais eu leio, mais acho a legião um saco. Nessa revista a escolha do novo líder, como acontece de 1 em cada 2 revistas. Aparentemente durlanianos culpam a legião pela morte de um salvador humano pros durlanianos e amigo da legião. Brigas e brigas… sem sentido. Revista passsável, nem leia. O proximo lider é Mon El que saiu da legião. Blé. Nota 4.

Wonder Woman 605

Continua a nova mulher maravilha que é a mesma, com bijoterias novas. Sem as mesmas memórias. Cara, é um saco. È como todo filme que precisa contar a origem de alguém e a revista ainda não pegou o ritmo. Não que seja uma boa revista. Nota 2

Hellblazer 274

Trem andando, desenho sujo clásico da revista. Não acompanho, mas parece que Constantine vai casar e mandou recado pra todo mundo. Continua mau caráter, continua mau… mesma coisa de sempre. Nota 4.

Justice League of America 52

Sou um grande fã do Mark Bagley, mas ele não cai bem na liga. A história é besta, liga e liga do mal enfrentando o que parece ser o Massacre da dc (Omega Man). Besta ao extremo e não prende. A capa é super girl toda de preto, linda. Mas dentro a revista está estranha. Nota 4.

Batman, Inc. 002

Termina a procura pelo Batman Japonês. Revista fuleira, a menos que vc queira saber a origem de todos os batmen. Nota 4.

Green Lantern – Larfleeze Christmas Special 01

Não posso negar que esperava mais. O desenhista é bem inconsistente (com momentos Rob Liefeld), a história é besta. O pior é que existe papai noel na DC, mas aqui eles falaram que não existe. Sei la, acho que devia esperar menos dos lanternas, apesar das revistas deles estarem alto nível ultimante. Ignore. Nota 1.

Green Lantern Corps 055

Não seria a minha escolha normal de revista boa da DC, mas vamos lá: Ela revela coisas sobre o rolo dos lanternas, mesmo que passe em Quard, com um rolo com o “Fazedor de armas”. Acho que merece a leitura, apesar de tudo. Nota 6.

Marvel Comics

Thor – Wolves of the North 01

Revista óbviamente caça niquel do filme. PORÈM é lindamente desenhada, Thor meio Conan… Passei por cima sim não li tudo, mas pelo que li, curti. Não esperava coisa boa, mas é direta ao assunto, capa espada, mortos e hela… Nota 6.

Deadpool Pulp 04 (of 4)

Uma revista pulp com pulp no título. Não acompanhei nem posso falar tanto mal. Já nem curto o estilo mesmo. Mas pareceu interessante. O desenho é bem sujo, o roteiro parece razoável… nota 5.

What If – Dark Reign

Um universo paralelo onde o Bart Clinton (Gavião Arqueiro) mata Norman Osborn (Duende verde) mais ou menos depois que o aranha muda de lado na Guerra Civil. O que tá acontecendo com o “What If”s? Esse que era o menos ruim, foi idiotinha. Bem, pelo menos foi menos merda que os 2 últimos. E não acredito que ainda tinha história do Venom-Deadpool. Aparentemente acabou, esperamos. Nota 3 pela revista toda.

Segunda parte

Anúncios