3 desenhos antigos, especial Corrida! Corrida Maluca, Corrida Maluca Espacial e Speed Racer!

Nussa! Faz tempo que não faço um desses, mas aqui vai.

Corrida Maluca

A Corrida Maluca (Wacky Races) é um desenho americano da companhia Hanna-Barbera, de 1968. Creio que nasceu embalado nos sucessos de filmes como It’s a Mad Mad Mad Mad World – Deu a Louca no Mundo (de 1963)

e Those Magnificent Men in Their Flying Machines – Esses homens maravilhosos e suas Máquinas voadoras (de 1965).

Acompanhávamos as desventuras de

Dick Vigarista e seu cachorro Rabugento na carro Máquina do Mal, sempre disposto a trapacear para ganhar;

Irmãos Rocha no Carro de Pedra, dois homens das cavernas;

Irmãos Pavor no Cupê Mal-Assombrado, saídos de alguns filmes de terror e sempre com um ás na manga (asas de dragão, redes…);

Professor Aéreo no Carro Cheio-de-Truques, com altas invenções  que ajudavam a todos;

Barão Vermelho no Lata Voadora, híbrido carro/avião;

Penélope Charmosa no Carrinho para Frente, mais preocupada com a aparência que com a corrida;

Sargento Bombarda e Soldado Meekley no Carro Tanque, uma fortaleza sobre rodas;

Quadrilha de Morte no Carro-à-Prova de Balas, anões gangsters, preciso falar mais?

Tio Tomás e urso Chorão na Carroça a Vapor (imagine a família buscapé numa corrida)

Peter Perfeito no Carrão Aerodinamico… que sempre quebrava! e

Rufus Lenhador e castor Dentes-de-Serra no Carro-Tronco.

Viajando por todo o mundo esse povo sempre entrava em confusão, principalmente por culpa do Dick vigarista. É muito difícil de explicar esse desenho. Era um desenho de corrida, ok. Tinha personagens variados, ok. Tinha confusão? Em excesso. Lembro carinhosamente deste desenho e acho difícil demais descrevê-lo. Então vamos as curiosidades:

Quem mais ganhou foi a Carroça a Vapor (5 corridas). A Quadrilha de morte ganhou 4, junto com carrão aerodinamico. Todos os outros ganharam 3 com excessão do Dick Vigarista que não ganhou nenhuma (na verdade ganhou uma mas foi desclassificado por roubar e na única corrida “ganha”, ele pára pra dar autógrafo e perde).

Foram 34 episódios. Alguns dos personagens ganharam desenhos próprios mas o mais lembrado é o Dick Vigarista e principalmente Mutley (também conhecido como Rabugento). Eles tiveram o ótimo Esquadrilha Abutre (onde caçavam um pombo durante a guerra) e o Mutley teve um irmão (Mumbly)com mesmo nome brasileiro – Rabugento – que foi o Detetive Rabugento (passava na Band).

Impossível não lembrar da risada desse cara.

Penélope Charmosa ganhou um desenho em que o Professor Gavião tentava sequestrá-la e ela era ajudada pela Quadrilha de Morte.

Os irmãos rocha, diz a lenda, deram origem ao Capitão Caverna!!!

CAPITAO CAVERNAaÁ-ÁÁ!!!

E pensa bem, o capitão Caverna-a-a-a participou e DOIS desenhos: Capitão Caverna e as Panterinhas (que durou 3 temporadas)m também fez parte do desenho dos Flintstones e depois do desenho dos jovens Flintstones (onde ganhou o filho Caverninha).

Corrida Maluca é o típico desenho que marcou época e todo mundo da década dele lembra. Aliás, creio que o desenho seguinte deve a existência do primeiro.

Corrida Maluca Espacial

A Corrida Maluca Espacial foi OUTRO desenho da Hanna-Barbera, só que de 1978. Dessa vez tomando como base personagens mais estabelecidos da empresa, um desenho de corrida E o espaço, que estava em alta por que em 77 foi lançado o primeiro Star Wars. Durou uma temporada.

Adoro como o narrador dá aquele tom de grandiosidade a corrida (Que é só um desenho poxa!)

Só que esse desenho não era CORRIDA MALUCA (Wacky races) no original. Era “Corrida Espacial do Zé Colméia” (Yogi Space Race). Corrida maluca espacial foi só no Brasil. Nesse desenho corriam:

Zé Colméia e Arrepio  (Zé Colmeia conhecemos, mas Catatal não aparece. No seu lugar, um urso medroso arrepiado)

Dom Pixote e Pato Quack (Pato Quack mutcholoco e Dom Pixote só descansava enquando o Quack pilotava)

Tutubarão e Kojeca (Tutubarão teve seu desenho próprio e Kojeca teve um desenho paralelo ao Corrida Espacial, chamado Arquivo Cãofidencial).

Fantasmino, Suzana e Rita (outros que tiveram desenho paralelo, Fantasmino, o fantasma galopante)  e

Capitão Guapo/Poderoso Falsão e Branquinho/Trambique, meus favoritos. Diz a lenda que eram descendentes de Dr. Jekyll e Mister Hyde. Bastava apertar um botão que Capitão Guapo e branquinho viravam os principais antagonistas do desenho, os vilões Falsão e Trambique. Eles com “heróis” eram muito genéricos e idealistas. Como vilões eram muito mais interessantes. Legal que eu sempre pensei que o Capitão Guapo era do Corrida Maluca e não do Corrida maluca Espacial

Esse desenho tinha 90 minutos e 4 segmentos: Os já citados Corrida Maluca Espacial, Arquivo Caofidencial e  Fantasmino, mais o Galaxy Goof-Ups que era Zé Colméia, Dom Pixote, Arrepio e Pato Quack como policiais espaciais. Depois o Goof-Ups ganhou meia hora só dele e o Corrida espacial ficou no total com 60 minutos. Depois Fantasmino e Corrida Espacial ganharam séries separadas.

Depois o Zé Colméia ainda ganharia outro desenhos com mais personagens da HB, “A arca do Zé Colméia”.

Speed Racer

Speed Racer é um desenho animado japonês (Anime) de 1967, originado das histórias em quadrinhos (do japonês, Mangá) e teve 52 episódios.

Na história, Speed Racer (que no Japão era Go Mifune) dirige o poderoso Mach 5, um carro cheio de traquitanas, com a ajuda da namorada Trixie, seus pais Pops e Mamãe Racer, salvando dos apuros seu irmão mais novo, Gorducho e seu chimpanzé de estimação Zequinha. Além é claro de enfrentar (e por vezes ser ajudado por) Corredor X, na verdade o irmão mais velho de Speed, desaparecido e agora trabalhando com a polícia secreta.

Diz a lenda que Speed deve suas origens aos filmes  Viva Las Vegas, protagonizado por Elvis Presley e 007 Contra Goldfinger.

Infelizmente esse desenho não é tão dos anos 80 ou da minha época mas pode ter certeza que influenciou com certeza os outros desta lista. MAs eu não sei muito do desenho.

Em 2008 os diretores de Matrix (os irmãos Wachowski) dirigiram um filme do Speed Racer. Apesar de ser uma viagem no ácido, não foi um filme péssimo. Também não foi um filme ótimo, então veja pra tirar suas conclusões. Achei bem fiel.

Coisa que só o Criança perpétua acha importante comentar:

O carro do Speed racer, Mach 5 tinha comandos no volante, coisa que hoje em dia é feito em carros de fórmula 1 e em de passeio. Recusos que só existiam na imaginação dos criadores, hoje são comuns em carros, como pára-brisas blindados, macaco automático, controle de tração e o controle eletronico de espelho retrovisor externo.

Hum, tenho a impressão que esse post ficou bem aquém dos posts sobre desenhos anteriores…

About these ads